terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Hoje vamos falar de alongamento.

Nunca inicie uma atividade física sem alongamento.



A NÂO realização de uma boa série de alongamentos pode provocar encurtamento das fibras musculares e consequentemente a diminuição da flexibilidade.

Com a prática regular de alongamentos os músculos passam a suportar melhor as tensões diárias e dos esportes, prevenindo o desenvolvimento de lesões musculares.
Os alongamentos finais é que não deixam os músculos ficarem encurtados, prejudicando a flexibilidade do corpo. E no outro dia não irá sentir aquela dor desconfortável, devido ao acúmulo do ácido láctico.


OS EXERCÍCIOS DE ALONGAMENTO PODEM:
 Ampliar o relaxamento físico e mental
 Promover o desenvolvimento da consciência do próprio corpo
 Reduzir o risco de entorse articular ou lesões musculares
 Reduzir o risco de problemas nas costas
 Reduzir a irritabilidade muscular
 Reduzir a gravidade da menstruação dolorosa (dismenorreias) nas atletas Reduzir a tensão muscular
 Evita ou elimina encurtamento musculotendineo;
 Elimina ou reduz o incômodo dos nódulos musculares;
 Aumenta o relaxamento muscular e melhora a circulação sanguinea;
 Melhora a coordenação e evita a utilização de esforços adicionais no trabalho e no desporto;
Reduz a resistência tensiva muscular antagonista e aproveita mais economicamente a força dos músculos agonistas;
 Libera a rigidez e possibilita melhorar a simetria muscular;
 Evita e/ou elimina problemas posturais que alteram o centro de gravidade, provocando adaptação muscular
Os exercícios de alongamento devem ser parte integrante de qualquer treinamento, tanto na fase de aquecimento como durante o relaxamento. Suaves e harmoniosos, também contribuem para o relaxamento psicológico, além de tornar ainda mais efetivo o treinamento da flexibilidade.


Dicas para um bom alongamento:
Realize os exercícios de forma lenta.
Uma música suave pode auxiliar; pois ajuda no relaxamento
Respire lentamente, sem forçar

A regularidade e o relaxamento são os fatores mais importantes para o alongamento, que deve ser feito lentamente e sem tensionamento. Nada de balanceios, pois estes enrijecem o músculo que você esta tentando alongar. Assuma uma posição confortável e sustente-a, relaxando o músculo. Permaneça nesta posição de 20 - 30 segundos. Não segure a respiração, mantenha-se respirando de forma lenta e controlada.
E boa aula!

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013



"Dançar é minha prece mais pura.
Momento em que meu corpo vislumbra o Divino
e que meus pés tocam o real.
Religiosidade despida de exageros,
Desejo lascivo, bordado de plenitude.
Através de meus movimentos posso chegar ao inatingível,
posso sentir por todos os corpos,
abraçar com todo coração,
e amar com os olhos. 
Cada gesto significativo desenha no espaço o infinito...
Pairando no ar compreensão e admiração.
Iniciar uma prece é como abrir uma porta,
um convite à você para entrar em meu universo.
O mágico contorna minha silhueta
ao mesmo tempo em que lhe toco, sem tocar.
Nada a observar, só a participar.
Essa prece, ausente de palavras,
é codificada pela alma
e faz-nos interagir de maneira sublime e hipnótica.
Quando eu terminar esta dança
estarei certa de que não seremos mais os mesmos."
                                                          (Merit Aton)